31.5.16

O que fazer quando um bebé vomita?

Em primeiro lugar, há que distinguir entre vomitar e bolçar.

Nos primeiros meses, os bebés bolçam muito, ora por terem mamado leite em excesso, ora por terem o sistema digestivo ainda prematuro. É normal! Quando vomitam é mais violento, sai em maior quantidade e é provável que o bebé chore, pois vai ficar assustado.

No ano passado, quando a minha filha tinha 16 meses, acordou à 1 da manhã e começou a vomitar o leite que tinha bebido antes de dormir. Vomitou 1 vez, 2 vezes, 3 vezes. Depois, deixou de vomitar leite e passou a vomitar bílis. Nunca tinha visto nada assim e liguei de imediato para a Saúde 24. Aconselharam-me a ir ao hospital e, de facto, foi uma boa decisão, pois houve a necessidade de estar a soro.

Quando é que o vómito é inofensivo e quando é devemos ir ao hospital?

As recomendações que me deram na altura foram muito simples. Enquanto o vómito for o produto do estômago, não há um problema muito grave. Não é necessário ir a correr para o hospital, expô-lo a coisas mais perigosas. Provavelmente, vão fazer-lhe o mesmo que fariam em casa. Ou seja, enquanto for leite ou a última refeição, o que se deve fazer é aguardar uns 20 - 30 minutos e oferecer chá de ervas (camomila, cidreira, tília...) açucarado, à colher, à criança. O chá deve estar frio, pois o estômago tolera melhor os alimentos frios do que quentes. À colher porque a criança vai ter tendência a querer beber muito e isso pode potenciar um novo vómito. O ideal é beber à colher, pouco a pouco. O que se pretende é re-hidratar o bebé. Não é de preocupar o facto do bebé ter ficado sem a alimentação. É normal até perder o apetite. O importante é manter o bebé hidratado e ir oferecendo o chá. Se o bebé já não vomitar o chá, podemos oferecer o leite materno ou de fórmula.

Quando o bebé vomita insistentemente e passa a vomitar bílis, está na hora de ser observado por um pediatra. Nada de dar medicação que não foi receitada pelo pediatra. Não vale a pena arriscar uma desidratação e haver uma consequência grave. Posso acrescentar que a minha filha esteve internada cerca de 18 horas, a soro, mas não tomou qualquer tipo de medicação. Se fosse mais velhinha, provavelmente passaria bem sem o hospital e apenas com o chá. No dia seguinte, retomou a alimentação normal.

Mães e pais, sei que é assustador ver os nossos filhotes aflitos e a passar mal. Mas mais aflitivo para eles é mesmo ver-nos aflitos. Procurem manter a calma. A roupa suja de vómito, troca-se e lava-se. Mantenham o bebé confortável e sosseguem-no. Nada de pânicos porque isto é bastante comum. Mais vale habituarem-se e estarem preparados.




Sem comentários:

Enviar um comentário

.